Pesquisar este blog

Ajuda a gente??? =)

Buda, discípulo de Laozi: a controvérsia da 'Conversão dos bárbaros" e a recepção do Budismo na China




RESUMO:
O objetivo desse artigo é analisar o fenômeno de recepção do budismo na China entre os séculos 3 a 6, e as polêmicas derivadas do embate entre budistas, confucionistas e daoístas. O tema principal é a teoria Huahu 化胡– ou, Conversão dos Bárbaros -, com a qual os daoístas tentaram difamar o budismo, afirmando que Buda 佛佗 seria um discípulo de Laozi 老子 , e submetendo-o a uma hierarquia de ancestralidade, saber e prestígio, fundamental para a definição dos papéis das instituições religiosas frente ao poder imperial.

Palavras Chave: Sinologia; Budismo; China; Diálogo Intercultural

ABSTRACT:
The aim of this paper is to analyze the phenomenon of reception of Buddhism in China between the centuries 3 to 6, and the controversies arising from the clash between Buddhists, Confucians and Daoists. The main theme is the Huahu theory- or Conversion of the Barbarians - with which the Daoists tried defaming Buddhism, saying that Buddha was a disciple of Laozi, and subjecting it to a hierarchy of ancestry, prestige and knowledge, crucial to defining the roles of religious institutions facing the imperial power.

Key Words: Sinology; Buddhism: China; Intercultural Dialogue


Nenhum comentário:

Postar um comentário